Modalidade é oferecida em parceria com Mercado Pago e segue movimento do mercado em direção a este modelo de pagamento. Confira outras iniciativas que elegeram o QR Code como chave de pagamento

O Mercado Pago, fintech do grupo Mercado Livre, anunciou parceria com a rede de quiosques Nutty Bavarian para oferta de pagamento instantâneo pelo celular por meio tecnologia QR Code. O meio de pagamento estará disponível nos franqueados localizados em shoppings, aeroportos, terminais rodoviários, pontos turísticos e eventos.

“A parceria com a Nutty Bavarian chega para impulsionar o uso do Código QR em locais com alta movimentação de consumidores, e que demandam facilidade e rapidez nas transações. Em nossos planos está a expansão da tecnologia para outros segmentos da economia como farmácias, estacionamentos e supermercados, por exemplo. Nossa capacidade de prover de forma ágil soluções que atendam às necessidades de vendedores e compradores consolida o Mercado Pago como a fintech mais completa do mercado”, afirma Tulio Oliveira, diretor do Mercado Pago no Brasil.

Hoje o Mercado Pago possui uma rede com 50 mil estabelecimentos cadastrados no Brasil, e um universo de 15 milhões de usuários dos aplicativos Mercado Livre e Mercado Pago aptos a fazer esse tipo de pagamento. Com 20 anos de mercado, a Nutty Bavarian possui mais de 130 quiosques espalhados por todo País.

A solução QR Code vem ganhando espaço no era dos pagamentos digitais. É considerada uma ferramenta que diminui a quantidade de intermediadores entre empresa e cliente, o que reduz os custos do lojista bem como pode impulsionar as vendas ao oferecer um meio de pagamento simples e ágil pelo celular. Para o consumidor, o modelo permite ainda oferecer descontos nos estabelecimentos comerciais.

Na Calvin Klein Jeans, o QR Code é usado para processar pagamento feitos com bitcoin. A solução desenvolvida pela Foxbit em parceria com a Cloudwalk, cria uma ordem de venda automática dos bitcoins assim que a operação na loja acontece. Todo o fluxo dura menos de 1 minuto. E para o varejista, tem a vantagem de a operação ser feita na mesma máquina POS que já recebe os pagamentos em crédito e débito, mas quando realizada em bitcoin a operação não tem custo de adquirência, bandeira ou de banco porque é uma operação totalmente sem cartão, via QR Code.

Já na Matera foi desenvolvido um aplicativo para pagamentos móveis via QR Code com o diferencial de que dispensa conexão com internet ou bluetooth. A empresa explica que, por meio do seu app, o consumidor gera um QR Code dinâmico que é lido por um scanner ou pela câmera de um smartphone do estabelecimento comercial. O sistema do lojista precisa estar conectado à internet, mas o celular do comprador, não. Atualmente, são 200 mil usuário finais ativos da solução.

Outra parceria que tem o QR Code como chave de pagamento é entre a Livelo e a Cielo. Os resgates de pontos do aplicativo Livelo será feito via QR Code gerado pelas máquinas Cielo também em lojas físicas. Marcelino Cruz, diretor de Relações Comerciais da Livelo, destaca que a utilização do resgate de pontos por QR Code carrega o potencial de penetração com a vantagem da segurança, uma vez que a transação é autenticada, exigindo a confirmação por meio de senha ou biometria do próprio usuário. “A capilaridade de utilização dessa funcionalidade está diretamente ligada ao quão democrática ela é. Escolhemos a tecnologia de QR Code das máquinas da Cielo justamente por ser abrangente e não limitar a utilização apenas a celulares mais novos, sendo que, basta ser um celular com câmera para que a transação seja concluída”, explica o executivo.

Segundo a Livelo, outra vantagem é para o lojista. Não há custo extra para aceitar pontos Livelo no estabelecimento, bem como nenhuma alteração no fluxo da transação. Os pontos serão convertidos apenas para os clientes, sendo que o lojista continuará recebendo o valor acordado com a Cielo. Além disso, o processo transacional, embora similar, ficará mais ágil, diz a Livelo, sem que seja necessário inserir o cartão na máquina. “Em contrapartida, o lojista oferecerá a inovação ao seu consumidor, uma vez que passará a aceitar pagamento por QR Code, além de oferecer seus produtos como recompensas em pontos Livelo”.

Também foi eleito o QR Code para operações no Banco Original. Em parceria com a PicPay, as empresas criaram um cartão de crédito digital que usam o QR Code para realizar pagamentos ou transferência entre os participantes da carteira digital do aplicativo de pagamento, a partir das contas correntes do banco.

“Diferentes alternativas de finalizar uma compra são vantagens claras para o varejista. A loja pode, por exemplo, configurar o espelho interativo para que o pagamento da compra também possa ser feito pelo espelho, através de um smartphone utilizando o QR Code, diminuindo filas e tempo de espera no estabelecimento”, acredita Fabio Avelar, Executive Partner da ICX LABS.

 

Fonte: Novarejo
Quiosques Nutty Bavarian terão pagamentos por QR Code

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *