Via Varejo decidiu exercer a opção de compra das ações do banQi, o banco digital lançado no ano passado pela rede dona das Casas Bahia e Ponto Frio.

O negócio, cujo valor não foi divulgado, envolve 80% do capital da empresa de tecnologia financeira (fintech), mas permitirá em seguida a aquisição de até 100% das ações.

O banQi manterá as operações em Boston, nos EUA, segundo a Via Varejo. A companhia quer usar o alcance de suas mais de mil lojas para oferecer serviços financeiros aos clientes que tradicionalmente compram produtos valendo-se do famoso crediário das Casas Bahia.

A Via Varejo também pretende se valer da fintech como um centro de desenvolvimento tecnológico e serviços digitais além de varejo e serviços financeiros. A conclusão do negócio deve ocorrer em até 60 dias, segundo a companhia.

Outras varejistas já têm iniciativas semelhantes. A B2W, por exemplo, possui a Ame Digital, enquanto o Mercado Livre trabalha com o sistema Mercado Pago desde 2004. Assim, apesar de bem-vindo, o banQi chegou com certo atraso — e essa percepção deu um gosto agridoce à novidade.

As ações da varejista estão entre os principais destaques da bolsa desde que o empresário Michael Klein retomou o controle da empresa, ao lado de um grupo de investidores liderado pela gestora de fundos da XP Investimentos. Nos últimos 12 meses, os papéis acumulam valorização de 157,55%.

 

Fonte: Newtrade
Via Varejo compra o banco digital banQi