A Gigatron Franchising, rede de franquias do segmentos de serviços e tecnologia, criou a startup Bom Credor, que desenvolveu um sistema de reconhecimento facial quem com a ajuda de tecnologia de inteligência artificial, ajuda pequenos, médios ou grandes negócios a entender melhor seus consumidores.

“A ideia é conseguir fazer tudo o que outros players de mercado fazem, porém, sem a utilização do CPF para a validação dos dados cadastrais, mas sim por meio do algoritmo para Reconhecimento Facial”, afirmou Marcelo Salomão, diretor executivo da rede.

Segundo ele, a tecnologia permite reconhecer todo o histórico do consumidor assim que ele entra na loja – o que ajuda, inclusive, na validação de crédito. “Ao invés dos dados cadastrais serem validados de forma tradicional – ou seja, por meio do CPF – o software irá fazer esse processo automaticamente de forma inteligente, através de câmeras de monitoramento”, explicou.

Segundo ele, a tecnologia busca os dados dos compradores por meio de interligações com informações de redes sociais (Facebook, Instagram, Snapchat), Google, bancos de dados de cartórios, da Receita Federal, entre outras fontes. “No entanto, tudo legalmente autorizado”, reforçou o executivo.

A plataforma também verifica restrições de crédito e ainda oferece uma análise de risco baseada nas informações de mercado. “Seu grande diferencial são as informações de varejo que possui para validação e construção de análises de risco, seguras e eficazes”, explicou.

….

Recomendado por Edilson Mota de Oliveira
STARTUP PROMETE “LER” CONSUMIDOR VIA RECONHECIMENTO FACIAL
Classificado como: