Com uma série de novos projetos, o mercado de outlets promete esquentar na Rodovia Presidente Dutra, que liga duas das cidades mais ricas do Brasil – São Paulo e Rio de Janeiro. O mais novo empreendimento anunciado é da incorporadora Inhouse, que será erguido a 40 quilômetros da capital paulista, com investimento de R$ 180 milhões. Ele contará com 24 mil metros quadrados de área bruta locável (ABL), 140 lojas, centro gastronômico e posto de combustível. A empreitada tem apoio da Lumine, consultoria especializada em shoppings, e da Planner, para a estrutura financeira do negócio. Os desenvolvedores estimam que o novo outlet atrairá 250 mil pessoas por mês. A inauguração está programada para o segundo semestre de 2020.

Concorrência
Para ter sucesso, porém, o novo projeto terá de vencer a disputa com pelo menos outros três empreendimentos que também estão se instalando na região. O fundo Iron Capital vai inaugurar na Via Dutra este ano o ‘Smart Outlet Aeroporto’, com 90 lojas e investimentos de R$ 200 milhões. Outro projeto na vizinhança é o ‘Só Marcas’, com 15 lojas especializadas em artigos esportivos. E a General Shopping planeja abrir no segundo semestre de 2020 o ‘Outlet Premium’, com 120 lojas, localizado um pouco mais adiante, na Rodovia Ayrton Senna, em Mogi das Cruzes.

O problema é
O desafio do negócio está em atrair tanto consumidores quanto lojistas. A tarefa não é fácil, dado o ritmo lento de recuperação da economia brasileira. Além disso, os outlets têm uma operação peculiar, que depende de varejistas capazes de vender artigos com descontos expressivos, mas nem todas as redes têm estoque de produtos nessas condições.

 

Fonte: Newtrade
Novo projeto acirra briga entre outlets na Via Dutra