Em 2018, a perspectiva da McKinsey para o mercado da moda é de expansão principalmente nos mercados asiático, latino e dos países emergentes da Europa

As vendas mundiais no mercado da moda devem crescer 4,5% no próximo ano, fechando acima dos 3,5% previstos para 2017. O ano de 2016 havia registrado aumento muito discreto, de 1,5%. Os dados são do McKinsey Global Fashion Index.

O que tem mudado de maneira definitiva no mercado é a fonte da demanda por itens de moda. Os mercados emergentes da Ásia, América Latina e Europa devem registrar, no ano que vem, um crescimento entre 5% e 7,5%. Em contraponto, a América do Norte deverá marcar crescimento tímido, de 1% a 2%, e os países europeus de economia desenvolvida atingirão, no máximo, 3% de crescimento, segundo o relatório.

O mercado da moda migra para o on-line

Até o ano de 2020, o varejo de moda no mundo digital deve registrar uma média de crescimento de 10% ao ano. Os dados são do Euromonitor, que aponta na direção de uma redução considerável de clientes em lojas físicas e uma integração de operações dessas lojas com o mundo on-line.

Além disso, grandes redes já estão se preparando para o uso da inteligência artificial, tentando destrinchar o comportamento dos consumidores da maneira mais precisa possível e impactá-lo com exatidão. A Amazon pagou 775 milhões de dólares pela Kiva, empresa de sistemas de robôs, com o objetivo de otimizar a experiência de seus consumidores em sua loja virtual.

 

Escrito Por: Raphael Coraccini
Fonte: Novarejo
MERCADO DA MODA SERÁ IMPULSIONADO POR PAÍSES EM DESENVOLVIMENTO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *