O dia 15 de março já é a principal data do varejo brasileiro no primeiro trimestre do ano. O Dia do Consumidor, que se consolidou no calendário nos últimos dois anos, movimentou em 2019 cerca de 258 milhões de reais no país, representando um dos maiores picos de venda do primeiro semestre, com um salto de intenções de compra de 26% em 2018 para 46% em 2019, de acordo com pesquisa divulgada pela Revista Veja (Dia do Cliente; 2019).

Os números, são frutos do levantamento realizado pela plataforma ShopFully.

Mais de 35 milhões de consumidores já conhecem, e estão atentos às oportunidades trazidas pela data, sendo que 65% afirmou ter encontrado, no período, promoções e ofertas pelas quais estavam procurando (Zoom; 2019).

A pesquisa revela, ainda, que o Dia do Consumidor movimenta uma semana inteira de ofertas e que 73% das pessoas que compraram na data iniciaram suas pesquisas por produtos 1 semana antes. Como resultado, 39% foram até lojas físicas finalizar o processo, 29% optaram pela compra on-line e 32% afirmaram que fizeram compras tanto virtual quanto pessoalmente.

De acordo com o levantamento, em 2019, o ticket médio para compras realizadas no Dia do Consumidor foi de R$475,56. Os fatores que mais influenciaram os consumidores foram preço (46%), confiança na loja (42%) e frete (29%).

Segundo pesquisa divulgada pelo site Zoom (Dia do Consumidor: saiba tudo sobre a data no Brasil; 2019), os descontos mais esperados na data são Smartphones e itens de tecnologia (61%), roupas e calçados (53%), além de saúde e beleza (35%). Alimentos e bebidas também não ficam de fora e suas intenções de compra também se destacaram no Dia do Consumidor.

 

Fonte: Newtrade
Dia do Consumidor se torna principal data do 1º trimestre para varejo brasileiro