A Cacau Show está planejando expandir seus negócios para outros países, o que pode ocorrer por meio da abertura de lojas da própria marca ou por meio de aquisições de empresas locais. No radar estão, principalmente, países da América do Sul como Colômbia e Argentina.

A ideia de internacionalização empolga o fundador da Cacau Show, Alexandre Costa, mas um limitador para esse passo tem sido a dificuldade de mapear empreendedores considerados qualificados nos países vizinhos para fazer deslanchar uma rede de franquias.

Já do ponto de vista financeiro, a companhia entende que tem uma estrutura de capital com liquidez suficiente para bancar a investida lá fora sem a necessidade de recorrer a empréstimos.

Resultados
A Cacau Show registrou faturamento de R$ 3,5 bilhões em 2018, considerando a receita da fábrica e das lojas, cinco vezes mais do que em 2009. Nesse período, a empresa se transformou na quarta maior rede franquias do País em número de lojas, com 2.232 unidades. As líderes do segmento de franquias são, nessa ordem: O Boticário (3.724 unidades), AM/PM (2.493) e McDonalds (2.289), segundo ranking da Associação Brasileira de Franchising. (Circe Bonatelli)

 

Fonte: Newtrade
Cacau Show estuda abrir lojas e comprar operações fora do Brasil