É a terceira loja conceito da Amazon em Seattle. Seria o alerta de uma expansão da gigante do e-commerce nas lojas físicas?

 

A Amazon GO, loja sem caixa e totalmente mobile da Amazon em parceira com a rede de mercearias Whole Foods, teve mais duas lojas inauguradas em Seattle, nos Estados Unidos, em menos de um mês. Uma no final de agosto e a terceira da rede uma semana depois. Seria o começo de uma expansão massiva da loja que encantou varejistas dos quatro cantos do mundo desde que foi inaugurada em janeiro deste ano?
A resposta ainda é incerta, mas está bem claro que a maior varejista do comércio eletrônico tem apostado muito no conceito da Amazon Go para se consolidar no varejo físico, que foi justamente abalado, nos Estados Unidos, pela própria Amazon a partir de seu sucesso estrondoso no e-commerce, abocanhando praticamente metade das vendas pela internet.

Parece contraditório, mas a Amazon apresentou o conceito para revolucionar os pontos de vendas físicos e antecipar o que o futuro reserva ao varejo que quiser se manter fisicamente.

A experiência é vista pelo mercado como algo a ser seguido no futuro. Os clientes entram na Amazon Go, são reconhecidos por meio de seus smartphones, escolhem os produtos e saem sem passar por caixas.

Os clientes se cadastram em um aplicativo para entrar na loja e, depois, as câmeras e os sensores do espaço conseguem rastrear quais produtos vão para o carrinho de compras virtual ou não. Os consumidores saem normalmente com seus produtos e depois o valor final é debitado da conta cadastrada.

Em maio, a agência Reuters havia informado que a Amazon tinha planos e começava a estruturar a possibilidade de expandir o conceito da Amazon Go para outras cidades dos Estados Unidos. Os novos destinos seriam as cidades de São Francisco e Chicago e a empresa já teria sondado alguns funcionários nesses locais, mas por enquanto não houve nenhum anúncio oficial da Amazon sobre o assunto.

 

Escrito Por: Leonardo Pinto
Fonte: Novarejo

 

Amazon GO abre mais duas lojas nos EUA em menos de um mês

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *