Pessoal,o mundo vem mudando e com muita velocidade no que diz respeito a aceitação das diferenças sexuais, aceitação dos transgêneros. Em São Paulo já existe legislação a respeito, mas independente da legislação os Shoppings devem estar atentos e orientando adequadamente com relação a estes direitos.

Recentemente o Shopping Center 3 na Avenida Paulista foi alvo de protestos e de ação judicial. Além da exposição pública ainda teve que se adequar colocando avisos nos banheiros sobre a lei e a necessidade de respeitar as diferenças. Em resumo: se uma transexual ou travesti quiser utilizar o banheiro feminino ela pode e uma mulher homossexual se sentir melhor utilizando o banheiro masculino idem. Vejam que a coisa não é simples, pois os clientes em geral também não estão preparados e haverão casos em que os próprios clientes vão chamar a segurança para reclamar e aí que vem a diferença de uma equipe de segurança de um lugar qualquer e a de um Shopping.
Há lembrando que a brilhante ideia de criar banheiros especiais para os transgêneros não é uma ideia aceita pelos defensores das classes por alegar (e parece que com razão) que a atitude aumentaria flagrantemente a segregação ao invés da aceitação, ok?
Abraços a todos!

….

Recomendado por Edilson Mota de Oliveira
Os Shoppings devem estar atentos ao respeito as diferenças sexuais!