Mesmo após aprovação do CADE, a decisão de acabar com o acordo partiu depois de algumas irregularidades identificadas em auditorias

A International Meal Company (IMC), dona de restaurantes famosos como Viena e Frango Assado, anunciou a rescisão do contrato de fusão com a Sapore, uma das maiores redes de alimentação no ramo corporativo. A união das companhias foi anunciada em junho deste ano e criaria uma companhia de alimentação de mais de R$ 3 bilhões de receita.

Segundo comunicados e fatos relevantes divulgados nesta semana pela IMC, a decisão foi acertada pelo conselho de administração na segunda-feira, logo após a realização das auditorias previstas no acordo.

“Com base nas conclusões apontadas naqueles trabalhos (de auditoria) verificou-se que as condições suspensivas previstas no acordo de associação não foram implementadas”, disse a IMC, em um fato relevante divulgado em sua página de Relacões com Investidores e enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

“Considerando que não houve consenso com os representantes da Sapore quanto a certas questões identificadas na auditoria, o conselho de administração da IMC, visando preservar o interesse da companhia e de seus acionistas, se reuniu nesta data e deliberou rescindir o acordo de associação, nos termos ali previstos”, concluiu a companhia.

A IMC ainda disse que não descarta avaliar “futuras novas oportunidades, inclusive com a própria Sapore”. A fusão foi homologada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) em julho, dando aval para a continuidade da operação, que, agora, chega ao fim.

 

Escrito Por: Leonardo Pinto
Fonte: Novarejo
Dona do Viena e Frango Assado rescinde contrato de fusão com a Sapore

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *